Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Suplementos perigosos para a saúde viram moda em academias

Drogas para ganhar músculos atacam o coração e o sistema nervoso


     Eles são vendidos como suplementos para serem tomados antes da atividade física intensa, principalmente musculação; prometem aumentar a energia, acabar com o cansaço e melhorar o rendimento, tornando mais fácil o ganho de músculos. O trio Jack3D, 1MR (sigla de one more rep, mais uma repetição) e Oxylin Pro — eles viraram febre em academias — cumpre o que dizem suas propagandas, porém omitem o mais importante: afetam o sistema nervoso e causam danos graves à saúde, em pouco tempo. Sem falar que são proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), apesar de adquiridos via internet ou de pessoas que viajam ao exterior. Esse comércio ilegal, clandestino, só traz malefícios, como infarto, doenças gástricas e dependência química. Um risco desnecessário, alertam médicos e profissionais de educação física. Dá para ter um corpo forte com dieta saudável e, se necessário, suplementos aprovados pela legislação sanitária, como creatina, BCAA e os proteicos.
  Os suplementos proibidos são, na verdade, drogas estimulantes. O Jack3D contém teofilina ou dimetilxantina, receitada contra males como asma e outras doenças respiratórias. Além de dilatar os brônquios, deixa o usuário agitado e agressivo, eleva a pressão e o ritmo cardíaco; especialmente para quem sofre de arritmias. E ainda causa tonteira, náusea, insônia e diarreia. O Jack 3D contém ainda dibenzo (da classe dos benzodiazepínicos, como Diazepam ou Valium); Schizandrol A e cafeína. A fórmula é um poderoso estimulante.
    A mistura, porém, ainda que aparentemente seja estimulante, cujo pote de 250g é comprado por R$ 100, em média. Wilson Sampaio Júnior, de 18 anos, morreu em Recife depois de usar esse tipo de suplemento; que lhe foi indicado por um professor da academia. Porém mortes de consumidores não sensibilizam os fabricantes. O 1MR custa cerca de R$ 120, pote de 224g e diz ser “muito mais potente” do que o Jack3d, ou seja, mais nocivo. E o Oxylin Pro diz que é “um termogênico extremamente potente, grande queimador de gordura”. Seu pote de 90 cápsulas sai por quase R$ 160. Na internet, os relatos dos usuários quase sempre são tristes. Um deles tomou mais do que uma dose e teve problemas intestinais.
     O professor de fisiologia do exercício da UFMG Luiz Oswaldo Rodrigues não vê qualquer benefício nesses suplementos. — São apenas um placebo caro. Paga-se muito por aquilo que se tem numa dieta balanceada. Consulte seu médio ou nutricionista antes do uso de qualquer suplemente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo