Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Pular o café da manhã não ajuda a emagrecer

Refeição é essencial para manter o corpo com energia durante o dia

Esse vai para aquelas pessoas que acham que ficar sem comer é uma atitude que ajuda na hora do emagrecimento. Quem acredita nisso não poderia estar mais enganado, principalmente quando a refeição que deixa de ser feita é o café da manhã. Muitos estudos comprovaram que pessoas que pulam o café da manhã têm quatro vezes mais chances de ser obesas, comparadas com quem não dispensa essa refeição. 
Em um desses estudos, realizado com mais de 3.000 pessoas, a maioria mulheres, que perderam ao menos 15 kg e mantiveram o peso por mais de um ano, verificou-se que 78% tomavam o café da manhã todos os dias, enquanto 5% o faziam seis dias por semana, 5% durante cinco dias e 4% simplesmente pulavam essa refeição. Esses resultados deixam claro que evitar o café da manhã não contribui para a perda de peso. 
O café da manhã definitivamente não engorda, desde que não se abuse de pães, bolos, geleias, queijos gordurosos e frios.
           Mas, por que o café da manhã é tão importante? É bastante simples. É a primeira refeição do dia que acorda nosso corpo, nossas células e enzimas logo cedo, produzindo maior queima de calorias e gorduras.  
É importante também que o café da manhã seja feito em casa sempre que possível. Por incrível que pareça, tomar o café da manhã em alguma padaria ou lanchonete, assim como jantar fora, torna as pessoas mais predispostas a engordar. Isso acontece devido a forma como os alimentos são preparados em cantinas e restaurantes, com mais gordura ou ingredientes muito calóricos, e também porque, ao comer fora, quase sempre se exagera nas quantidades. Se quiser manter o peso, tome seu café em casa. 
Mesmo que o tomar café da manhã seja muito importante para emagrecer e ter energia durante o dia, de modo geral, não se deve pular nenhuma refeição com a intenção de emagrecer. Comer com frequência, mas com sabedoria, ajuda a perder ou manter o peso com mais saúde. Alimentar-se de duas em duas horas evita quedas de glicemia causadas por insulina elevada. Também ajuda a controlar os níveis de cortisol, um hormônio ligado ao estresse, ao envelhecimento precoce e que, quando aumentado, dificulta a perda de peso. 
Uma alimentação saudável nem de longe é o mesmo que comer pouco, ou comer menos. Tenha, em cada refeição, uma variedade de verduras, carboidratos, fibras e proteínas para manter o organismo funcionando como um relógio! 
Super saúde! 

O Carnaval chegou! Aproveite a folia tomando alguns cuidados


O Carnaval já está aí, e para aproveitar bem os dias de folia, alguns cuidados com a alimentação são imprescindíveis.
Para os foliões que costumam brincar, pular, virar noites em desfiles ou blocos, deixando de lado a preocupação com uma alimentação saudável, durante os cinco dias de carnaval, aí vão algumas dicas: 
Antes - O ideal é hidratar-se, dar preferência à água e sucos naturais, de dois a três litros por dia, evitando os refrigerantes, que possuem baixo poder de hidratação. Também pode incluir água de coco, que hoje em dia encontramos facilmente nas barraquinhas especializadas. Faça uma refeição leve, com saladas, frutas e carnes magras e de preferência grelhadas ou assadas. Evite as frituras. 
Durante - Como é quase impossível proibir bebidas alcoólicas, consuma com moderação e nunca de estômago vazio. Uma boa dica é intercalar com água mineral. Além de calorias, o álcool pode levar ao quadro de hipoglicemia, ou seja, pouco açúcar no sangue.
Dê preferência aos alimentos leves, como barras de cereais e sucos de frutas. Evite   frituras, porque as gorduras dão sensação de fadiga. O ideal é não consumir as comidas expostas, como os espetinhos  e cachorros-quentes, dando preferência aos estabelecimentos rotineiros. Tome cuidado com a toxinfecção alimentar. 
Se for consumir salgados, dê preferência aos assados e de estabelecimentos confiáveis. Evite molhos, maionese, catchup, mostarda, pois podem causar mal-estar. Água de coco também é bom, porque o folião tem muita sudorese. Ou bebidas isotônicas, que fazem a reposição eletrolítica por conter sódio, potássio e magnésio perdidos no suor.
Depois - O grande problema depois da festa é o exagero na bebida, a conhecida ressaca. Por isso, o repouso é indispensável, além de muita água e suco de frutas, porque o álcool leva ao quadro de desidratação.
Outras bebidas, como o chá de carqueja, que protege o estômago e o fígado, e o chá de boldo, que ajuda na recuperação do fígado e da vesícula biliar, são excelentes remédios naturais. A pessoa também deve comer muitas frutas, porque contêm alto teor glicêmico, como laranja, banana e melancia, e dar preferência às sopas e aos caldos. O ideal é ainda evitar comidas gordurosas, principalmente os famosos "churrasquinhos" e manter alimentação rica em fibras, que auxiliam no trânsito intestinal, tais como saladas, frutas e legumes. 
O clima de verão favorece a desidratação, portanto, cuide-se, para não perder a folia. Não esqueça que depois do carnaval, a vida volta ao normal. O trabalho continua...
© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo