Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Semente de Chia


Só se fala dela!

A semente de chia (Nome científico: Salvia hispanica) é originaria da planta do deserto Salvia Hispânica, sendo conhecida também por este nome: Salvia além de Chia, Chiabaan, Sementes da Força, Alimento Executivo, Grãos do Guerreiro, entre outros. Pertence à família da menta, no sul do México.

Suas sementes são pequenas e podem variar quanto à cor, podem ser: cinzas, castanhas, pretas e brancas. Na era Pré-colombiana estas sementes eram ingredientes das dietas dos astecas e maias, principalmente por aqueles que precisavam de força e resistência física.
  
A semente de chia é um alimento muito poderoso em questões funcionais e nutricionais. Possui grande quantidade de ômega 3, fibras, antioxidantes, proteínas e minerais como ferro, cálcio, magnésio e potássio. A chia tem o poder de auxiliar na perda de peso, pois promove saciedade devido à grande quantidade de fibras presente em sua composição, tornando a digestão mais lenta. Assim, o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente, passando a comer em menores porções. Ajuda também no combate às inflamações, devido à presença do ômega 3 no grão.

A chia pertence ao grupo das sementes mucilaginosas, que são ricas em fibras alimentares solúveis e insolúveis. Estas mucilagens são benéficas para o intestino, pois a semente de chia tem a capacidade de inchar quando entra em contato com a água, formando uma espécie de gelatina, auxiliando o bom funcionamento do intestino e potencializa a absorção de nutrientes pelo organismo. Além de aumentar a sensação de saciedade durante as refeições, fazendo com que o indivíduo demore mais tempo para sentir fome novamente.

A chia pode ser encontrada em formas de grãos (forma in natura), óleo e farinha. Contribui para a redução do colesterol e triglicerídeos, controla a glicemia, ajuda na formação óssea, previne o envelhecimento precoce e melhora a imunidade do organismo. Promove um aumento da energia e resistência, melhora a saúde cardiovascular, estimula o crescimento e o desenvolvimento cerebral da criança, melhora a saúde do cólon e do intestino. Porém é valido lembrar que esta semente possui alto teor calórico, contribuindo assim para o ganho do peso quando consumida em excesso.

As sementes de chia são oleaginosas que podem ser utilizadas com as sementes inteiras ou moídas em diversas preparações como: saladas, temperos, molhos, saladas de frutas, iogurtes, bolos, pães e biscoitos. Em forma de grãos pode ser misturada a frutas. Já na forma de óleo pode ser usada como tempero. Em forma de grãos é mais utilizada em preparações com bolos, pães, e biscoitos. Em forma de farinha é mais utilizada no preparo de iogurtes, vitaminas e saladas.

Procure um nutricionista para melhor orienta-lo!

4 comentários:

  1. Drª Qual é a quantidade ideal para o consumo diário?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das parte que falo para estar sempre em contado com seu nutricionista! rss... mas então... a quantidade diária recomendada é de 25 gramas, o equivalente a uma colher de sobremesa.
      Beijinhos....

      Excluir
  2. kkkk...é que não entendi muito essa parte! Rsrsrsr...Obrigada Drª e até amanhã.

    ResponderExcluir

© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo