Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Como cuidar da pele através da alimentação


O verão ainda está aí. Com ele temos a frequência da população nas praias e nos clubes, cada vez mais expostos ao sol e seus raios ultravioletas (UV). Já conhecemos os efeitos danosos dos raios UV, entre eles o câncer de pele que tem sido tão falado. Mas o que poucos sabem é que a alimentação pode nos trazer uma proteção contra esse efeito danoso. Não só retardando um possível câncer de pele, como também evitando o envelhecimento precoce ocasionado pela exposição excessiva da pele ao sol (raios UV).

A pele, como qualquer outro tecido, precisa receber nutrientes em quantidade adequada. Porém é muito mais beneficiada dos antioxidantes que consumimos. Mas por quê isso acontece? Os antioxidantes possuem a capacidade de diminuir o efeito lesivo dos radicais livres (substâncias que agridem a célula e o tecido) que são produzidos quando o tecido encontra-se sobre algum tipo de estresse. Assim, substâncias como os carotenoides, os polifenóis, a vitamina C e a vitamina E, além de alguns fitoterápicos, são compostos importantes para manter a saúde da pele que está sempre exposta ao sol, pois são capazes de sequestrar os radicais livres (que causam danos celulares). Vamos conhecer melhor cada uma dessas substâncias? 

Carotenoides: presente em alimentos como cenoura, mamão, melancia e tomate. Porém, para aumentar a sua disponibilidade, é importante que esteja associado à uma fonte lipídica (azeite de oliva, por exemplo). Isso porque trata-se de compostos lipossolúveis e são absorvidos da mesma maneira que os lipídios da dieta. Os carotenoides compreende os seguintes grupos: betacaroteno, bixina, capsantina, capsorrubina, criptoxantina, crocina, licopenona, luteína, violaxantina, zeaxantina. E tem as seguintes fontes alimentares: manga, urucum, pimenta vermelha, milho, páprica, açafrão e gema do ovo. 

Vitamina E: é uma vitamina de que dificulta o ataque dos radicais livres às estruturas celulares, inibindo assim os danos oxidativos. Trata-se de uma vitamina bastante utilizada na prevenção de envelhecimento precoce por exposição ao sol. As fontes de vitamina E são: óleos vegetais, nozes, castanhas, folhas verde-escuras, semente de girassol, ovos, manteiga, fígado e outros. 

Vitamina C: a exposição ao sol desestrutura as fibras de colágeno, e esta é uma vitamina importante, inclusive, para a formação do colágeno, que dá estrutura e firmeza à pele. Além disso, a vitamina C auxilia na captação de Ferro e por ser um composto antioxidante, contribui para diminuir os processos oxidativos do nosso organismo. As frutas com maior teor de vitamina C são o camu camu, acerola, laranja, mamão, goiaba e outras. 

Flavonoides: além de atuar como antioxidantes, ainda possuem ação anticarcinogênica, quimioprotetora e anti-inflamatória. São alimentos ricos em flavonóides: cacau; chá verde; romã e outros. 

Ômega 3: após a exposição prolongada ao sol, o ômega é um importante coadjuvante na alimentação para aliviar sintomas como eritema, edema e calor, tendo em vista que a sua ação é anti-inflamatória e ele atuaria amenizando estes sintomas. Fontes: linhaça, chia e peixe (cavalinha, arenque, salmão, atum e sardinha – são alguns). 

E então, prontos para continuar aproveitando o verão, melhorar a sua alimentação e ainda por cima proteger a sua pele? Mas antes de colocar o biquini, o protetor solar, pegar a canga e ir para a praia ou para o clube, lembre-se que o acompanhamento de um profissional capacitado (NUTRICIONISTA) é MUITO importante. Somente este profissional poderá dizer o que é melhor para você.


Aproveitem o restante de verão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo