Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Evite armadilhas na hora de comer


Comer demais acontece com todo mundo de vez em quando ou até com mais frequência do que se desejaria. Muitas vezes, o prato acaba ficando maior do que o aconselhável por diversas razões que podem ser controladas e eliminadas se o intuito é manter a glicemia em ordem e a alimentação saudável, tanto em qualidade como em quantidade. Aqui temos as razões, e como é possível lidar com elas.

Um comportamento muito comum que acaba levando à ingestão exagerada de alimentos é o ato de comer distraidamente. Comer de forma distraída, sem prestar atenção na quantidade, acontece, por exemplo, quando se está em frente da televisão ou do computador. Pior: nessas horas, a comida em questão é geralmente inadequada, como biscoitos, bolachinhas, salgadinhos e outros "snacks" ricos em calorias, gorduras, açúcares e sal.

Outra "distração" em relação à quantidade é mais comum entre as mães: provar a comida enquanto está sendo preparada ou comer aquele "restinho" que o bebê ou a criança desprezou, só para não jogar fora, acaba sendo contabilizado pelo organismo e é comida "extra".

Não é só de lanchinhos e sobras, porém, que o excesso é alcançado. Tão em moda, a louça composta por pratos grandes pode também influenciar a quantidade na hora das refeições. Afinal, o habitual é colocar nos pratos tradicionais uma quantidade de comida que acaba ocupando praticamente todo o espaço. Nos pratos grandes, a tendência é seguir o mesmo comportamento.. Quando o prato for maior que o tradicional, o conselho da especialista, então, é que se deixe mesmo "espaços vazios".

A tendência a exagerar no tamanho das porções acontece muito para quem frequenta bufês de restaurantes do tipo self service. A grande variedade e a apresentação atraente dos alimentos torna difícil resistir e, no final, o prato se torna pequeno para tanta coisa. É a tradução da expressão comer com os olhos.

Ir ao supermercado também pode levar ao exagero. Para essa atividade, é aconselhável que antes de sair a pessoa tome um lanche ou faça sua refeição normal. Ir ao supermercado de estômago vazio pode ser extremamente prejudicial à saúde e ao bolso. Com fome, a tendência é comprar mais alimentos supérfluos, como os salgadinhos, chocolates, balas e biscoitos, do que se faria normalmente. E, levando essas coisas para casa, é impossível evitar comê-las.

Para ficar longe de todas essas armadilhas, a sugestão é que na hora de fazer o prato é bom lembrar de como devem ser as porções ideais para uma boa alimentação: 1/4 de proteínas (carne de vaca, frango, peixe ou ovo), 1/4 de verduras, 1/4 de legumes crus ou cozidos e o restante de carboidratos (arroz, batata ou macarrão, por exemplo).

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Panqueca de frutas


No café da manhã ou como sobremesa

Ingredientes: 

Para a massa: ½ xícara (chá) de leite desnatado (100 ml) 
1 clara de ovo
½ xícara (chá) de farinha de aveia culinária (40 g) 
½ xícara (chá) de farinha de trigo integral (60 g)
½ colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de açúcar mascavo

Para o recheio:
4 fatias de abacaxi cortadas em cubos pequenos (200 g)
2 peras sem casca cortadas em cubos pequenos (280 g)
2 maçãs sem casca cortadas em cubos pequenos (260 g)
1 colher (sopa) de açúcar mascavo
1 unidade de pau de canela
1 unidade de anis estrelado

Modo de preparo: Comece pela massa: coloque no copo do liqüidificador o leite, ½ xícara (chá) de água e a clara e depois adicione a farinha de aveia, a de trigo integral e a canela em pó. 

Bata em velocidade média até obter uma massa homogênea e deixe descansar entre 15 e 30 minutos em geladeira. Enquanto isso, prepare o recheio: coloque todas as frutas em uma panela média , adicione 1 ½ xícara de água, o açúcar, a canela e o anis estrelado. Cozinhe em fogo baixo até ficarem macias (cerca de 15 minutos após a fervura). Doure as panquecas: aqueça uma frigideira redonda antiaderente com cerca de 15 cm de diâmetro, despeje a massa com o auxílio de uma concha e gire a frigideira com movimentos rápidos, para que a massa se espalhe por igual. 

Quando ela começar a desprender das bordas, solte-as e vire com o auxílio de uma espátula, para dourar do outro lado (se necessário, adicione 1 fio de óleo à frigideira). Repita o procedimento até a massa terminar. 

Montagem: espalhe porções do recheio em cada panqueca e dobre em seguida. Sirva morna, com 1 colher da calda do cozimento das frutas.

Rendimento: 10 porções 
Valor calórico/porção: 80,80 kcal (sem o coulis de morango) 

Dica: se preferir, escorra a calda do recheio de frutas e sirva com um coulis de morango; 

Dilua 100 g de geléia de morango light com 2 colheres (sopa) de água ou suco de fruta (laranja ou limão). Leve ao fogo somente para aquecer. Espere esfriar e sirva acompanhando as panquecas. 




quinta-feira, 23 de maio de 2013

Looks das Brasileiras no festival em Cannes




Alguns brasileiros foram para o festival de cinema em Cannes, na noite de 21 de maio, famosos como Jonatas Faro, Di Ferrero, Felipe Solari estiveram por la assim como as famosas Fernanda Paes Leme, Giovana Ewbank e Mariana Rios, que tiveram seus looks super comentados, bafonicossssss e invejando muitas celebridades por aí. Confere aqui os looks que as três usaram e arrasaram no festival.

A atriz Giovana arrasou com o seu vestido Patricia Bnoaldi, todo no ar barroco, trazendo um jeitinho brasileiro de muita sensualidade com a transparência, ficou realmente uma princesa, apaixonante.

Mariana com sua beleza exuberante  Esteve com esse rosa rendado combinou muito com ela, um vestido bem brasileiro de Martha Medeiros, arrasou no decote das costas. Meu preferidooooooo!

Fernanda já ousou com seu vestido Vitorino Campos, aquele vestidinho preto - básico, que de básico só tinha o preto, adorei os detalhes no vestido que marcou bem a cintura da atriz, arrasou também .


E aí meninas, de qual gostaram mais? Deixem nos comentários, eu amei o da Mariana Rios, foi sem dúvida meu preferido!!

Beijos...


Fonte: Blog Sonhos de Verão

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Alimentação saudável e equilibrada


Com moderação e bom senso, você pode ingerir alimentos de todos os grupos. O fundamental é estabelecer limites, procurando incluir todos os nutrientes necessários a uma dieta equilibrada.

Veja algumas dicas de alimentação que irão trazer grandes benefícios para a sua saúde:

- Prefira alimentos frescos aos enlatados (contêm quantidade maior de conservantes);
- Coma muitas frutas e verduras (ricas em vitaminas e fibras);
- Evite carnes gordas e alimentos ricos em colesterol como gema de ovos, leite e derivados;
- Em lugar de frituras, prefira carnes magras, peixes e aves sem pele, preparando-os assados, cozidos ou grelhados;
- Coma mais leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico), frutas, legumes e cereais integrais, pois são importantes fontes de fibras;
- Substitua a manteiga, bacon e outras gorduras animais por óleo de canola, girassol, milho, oliva e soja ou margarinas. Use pouco óleo no preparo dos alimentos;
- Substitua o ovo inteiro apenas pela clara e sempre que possível limite seu consumo a, no máximo, três vezes por semana;
- Não abuse do sal;
- Beba pelo menos 2 litros de água por dia;
- Varie sempre os alimentos, invente novas receitas e capriche no seu visual!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Inspirem-se na feminilidade das sais e vestidos

Inspirem-se e fiquem lindas!!!

Plepluns, super tendência!!!!

 Thássia Naves linda! Uma diva...

Cada uma com seu estilo! Tem para todos os gostos...

 Todos os tamanhos... todas as cores.


Adoro essa feminilidade, essa leveza, esse tom de princesa. Combina muito com nós mulheres simples, chics, sofisticadas, elegantes, fashion.... todas!!!!!!

E vocês o que acham?!?

Beijos....

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Atividades do dia a dia fazem tão bem quanto ir à academia


Pequenas atividades cotidianas como subir escadas e varrer o chão podem garantir uma saúde tão boa quanto a de quem pratica exercícios físicos regularmente. Isso é o que mostra um estudo conduzido por um pesquisador da Oregon State University, nos Estados Unidos. A descoberta foi publicada na edição deste mês do periódico American Journal of Health Promotion.

Para a análise, foram avaliados dados de 6.321 pessoas com idades entre 18 e 85 anos. Todas haviam participado do National Health and Nutrition Examination Survey entre 2003 e 2006. Foram levados em conta os níveis de triglicérides, colesterol e glicose no sangue. Além disso, os voluntários receberam aparelhos que mediam a intensidade dos exercícios feitos ao longo do dia.

Os resultados mostraram que 43% dos participantes que não frequentavam a academia com frequência realizavam, ainda assim, 150 minutos de atividades físicas por semana, tempo mínimo recomendado para um adulto. Em seguida, foi calculado o índice de massa corpórea de cada um, o que levou a descoberta de que exercícios feitos na academia ou no dia a dia reduzem o risco de desenvolver síndrome metabólica da mesma maneira.

De acordo com o coordenador do estudo, ser ativo não é, necessariamente, reservar alguns minutos do dia para fazer musculação ou correr. A simples atitude de preferir realizar as atividades diárias caminhando pode evitar o sedentarismo e inúmeras doenças como hipertensão, diabetes e colesterol alto. Mas, para quem quer pegar firme nos exercícios físicos e garantir ainda mais longevidade, tem que praticar atividades físicas regulares.

Fonte: Minha Vida

terça-feira, 14 de maio de 2013

Dez alimentos para comer todo dia


Variedade de alimentos é o que não falta no nosso país e, se souber escolhê-los e combiná-los adequadamente, você terá os ingredientes básicos para uma “saúde de ferro”. Sem contar que a maioria desses produtos-chave com propriedades valiosas podem ser encontrados facilmente nos supermercados. Aqui, uma seleção nota 10, com as devidas informações, para você comer todos os dias. Anote!

1. Frutas vermelhas 

Previnem o câncer. Amoras, framboesas, morangos e mirtilos possuem flavonoides que são substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antialérgicas e anticancerígenas. 

Como consumir – Duas taças com um mix de frutas vermelhas (de preferência, orgânicas), um copo de suco (vale usar frutas congeladas) ou duas xícaras de chá feito com as folhas.

2. Vegetais de folha escura 

Protegem a visão. Brócolis, couve, espinafre; as hortaliças de folhas escuras contêm dois pigmentos que se acumulam no olho: zeaxantina e luteína – antioxidantes que destroem os radicais livres e previnem a degeneração macular. Além disso, esses alimentos são ricos em antioxidantes e magnésio, substâncias diretamente responsáveis por baixar os níveis de glicose no sangue. 

Como consumir – O equivalente a um pires por dia. Use-os em saladas, cozidos no vapor, refogados, em coberturas de pizzas e molhos. Procure armazenar em embalagens plásticas, na geladeira.

3. Leite fermentado ou iogurte com lactobacilos

Fortalecem o sistema imunológico e previnem doenças. Alimentos probióticos, devido à presença de bactérias benéficas vivas, promovem o equilíbrio da flora intestinal, além de beneficiar o sistema imunológico. Nem todos os iogurtes contêm probióticos, por isso, certifique-se lendo seus rótulos. Para os intolerantes a lactose, temos a versão de soja e a versão sem lactose.

Como consumir – In natura, um copo ao dia. Mantenha-os sempre refrigerados.

4. Soja

Proteja seu coração com a soja. O alimento é responsável pela redução do risco de doença cardiovascular. A soja reduz o LDL (colesterol ruim) e aumenta o HDL (colesterol bom). Outras ações estão sendo investigadas, como redução no risco de alguns tipos de câncer, principalmente os que são alimentados por hormônios. Além disso, parece contribuir para atenuar os sintomas da menopausa.

Como consumir – O consumo diário de, no mínimo, 25 g de proteína de soja pode ajudar a reduzir o colesterol, ou cerca de 60 g de grãos ou farinha de soja.

5. Alho

Previne doenças. Thereza explica que o alho possui substâncias como alicina, enxofre e sulfato dialil, que agem no organismo reduzindo a incidência de tumores, além de atuar na prevenção das irregularidades cardiovasculares e da pressão arterial.

Como consumir – Use-o em temperos, cerca de um dente de alho cru ao dia. Guarde-o em local seco e arejado.

6. Azeite de oliva extravirgem

Ajuda a manter os níveis saudáveis de colesterol. O azeite de oliva tem gordura do tipo monoinsaturada, com efeito sobre a diminuição do LDL (o colesterol ruim) e aumento do HDL (o bom colesterol).

Como consumir – Pode ser usado para temperar saladas. Evite aquecer. Quantidade diária: duas colheres de sopa ao dia. Armazene-o protegido da luz.

7. Castanha-do-pará 

A queridinha do momento! Retarda o envelhecimento. Ela é fonte de vitamina E e selênio, que colaboram para frear a produção de radicais livres, desacelerar o envelhecimento e reduzir o risco de doenças do coração. 

Como consumir – Uma unidade ao dia é o suficiente.

8. Aveia

“Inimiga” do colesterol. Este cereal é rico em beta-D-glucana, um tipo de fibra alimentar solúvel. Considerada uma substância bioativa, ela auxilia na redução da absorção de colesterol.

Como consumir – Cerca de 40 g de farelo de aveia ou 60 g de farinha de aveia fornecem quantidades de beta-D-glucana com ação efetiva.

9. Peixes de água profunda ou linhaça 

“Amigos” do coração. Por serem ricos em ácidos graxos ômega-3, auxiliam na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos e consequente redução do risco de irregularidades cardiovasculares, além de serem importantes para o desenvolvimento do cérebro e visão do feto. 

Como consumir – 180 g por dia, o equivalente a dois filés pequenos: assados ou cozidos. No caso da linhaça, use uma colher de sopa diariamente polvilhada na salada, no iogurte, ou misturada a pães e bolos. Lembrando que a linhaça precisa ser consumida triturada ou em pó!

10. Água

Hidratante. Todo mundo sabe como a água é fundamental para o equilíbrio do nosso corpo. É ela que ajuda a transportar os nutrientes pelo organismo, promovendo a manutenção da saúde. Má hidratação, causa intestino preso. Por isso mesmo, no inverno devemos ingerir de um litro e meio a dois litros e meio do líquido diariamente, principalmente se estivermos com gripe ou resfriados, a fim de garantirmos a nutrição e hidratação necessárias para nosso pronto restabelecimento.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Marrom, a cor do inverno!


Bom dia segunda-feira linda!!!!!!!!!! Bom dia queridos leitores.

O marrom vem com tudo nesse inverno, é sempre uma das tonalidades curinga quando surgem os dias frios, especialmente em tecidos mais quentinhos como o couro, a camurça, o tweed e a lã. Durante os desfiles das marcas Osklen, Alexandre Herchcovitch e Têca para o inverno 2013, a tonalidade apareceu em composições inteiras ou em detalhes das peças.

Vamos nos inspirar!!!!!

imagem

Genteeeeeeee.... acho a princesa Kate linda. Total inspiração de beleza, delicadeza, elegância, postura... tudo. Sou fã!

imagem

A cor geralmente oferece melhores opções de looks durante os dias mais frios, além de dar aquela emagrecida básica, porém, quando usada de forma incorreta, pode sugerir um visual antiquado. Ao contrário do preto que realça a pele, cabelo e acessórios, o marrom puxa para o terroso e não favorece. Portanto, procure usá-lo pontualmente no visual e, preferencialmente em ocasiões diurnas.

imagem

Para combinar o marrom de forma discreta, porém com um toque de modernidade, invista em cores como o azul, vermelho e os tons de verde. Quem não tiver medo de ousar pode investir em um look monocromático ou com variações de tons da cor. Para o visual não ficar ultrapassado, vale investir em acessórios de cores diferentes. Mulheres que amam tons vibrantes podem combinar o marrom com amarelo, laranja e os neons. Acredite, essas cores fortes continuam em evidência. Já produções coordenadas com o branco ou o off white sugerem feminilidade e sofisticação.


imagem

Lindas combinações! Amooooooo....

E vocês, o que acharam?!?


Beijos...

Fonte: Blog Clara Rosa

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Quibe de berinjela

Ingredientes:

Quibe de berinjela
2 xícaras (chá) de trigo para quibe - 320g
2 berinjelas grandes picadas em rodelas - 1kg
3 colheres (sopa) de suco de limão - 45ml
2 cebolas grandes em pedaços bem pequenos - 750g
½ xícara (chá) de hortelã picada - 20g
1 colher (sopa) de noz picada - 10g
5 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol - 50g
1 colher (chá) de pimenta síria - 1,5g
Sal a gosto
Modo de Preparo:
Deixe o trigo de molho em uma tigela com 1 litro de água por 30 minutos. Espalhe sobre a berinjela 2 colheres (sopa) de sal e o suco de limão e deixe por 15 minutos. Em seguida, lave a berinjela, seque e bata no processador até obter uma pasta. Reserve a metade e o restante misture com o trigo (espremido), as cebolas, a hortelã, as nozes, 2 colheres (sopa) de do azeite de oliva, a pimenta síria e o sal. Reserve.
Em uma panela, refogue por 5 minutos a berinjela reservada em 2 colheres (sopa) de azeite de oliva. Tempere com sal e retire do fogo. Arrume a metade da massa de berinjela com trigo em uma assadeira, espalhe a berinjela refogada e cubra com a massa restante. Leve ao forno preaquecido em temperatura média (180ºC) por 45 minutos ou até a superfície dourar. Retire do forno e corte em pedaços. Montagem: Arrume nos pratos o quibe. Sirva com salada de folhas e regue com o azeite de oliva restante. Decore com limão, tomate-cereja e polvilhe pimenta síria.

Rendimento: 8 porções de 250g

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Queime mais calorias brincando


Preguiça, trabalho, filhos, chuva, sol... Sempre vai ter algo conspirando para você adiar mais uma vez o projeto de começar a praticar atividade física. Muita gente não malha porque não consegue ir à academia ou ao parque ou contratar um personal trainer. Juntos com alguns parceiros da área de educação física, trouxemos pra vocês algumas soluções. Com atividades prazerosas dá para queimar calorias sem perceber. Levar o cachorro para passear, dançar na balada ou patinar emagrece, tonifica e melhora a circulação sanguínea e o condicionamento físico da mesma forma que exercícios tradicionais como corrida, boxe ou ioga – a diferença é que os resultados podem demorar um pouco mais para aparecer. 

Mas essas brincadeiras têm a vantagem de garantir maior adesão, além de amenizar os sintomas da TPM, aliviar o estresse, controlar a pressão arterial e o diabetes, aumentar a autoestima e a vontade de se cuidar.

As 10 atividades que são verdadeiras aulas de ginástica e pura diversão:

1. Leve o cachorro para passear

Está aí uma companhia e tanto para estimular você a sair de casa até quando não está muito a fim, afinal o bichinho precisa fazer xixi e cocô todo dia. Só não vale puxar a coleira para diminuir o ritmo dele ou deixá-lo parado por minutos a fio cheirando um ponto específico. Mas bom mesmo é aproveitar para brincar de corrida com o cãozinho e queimar até 300 calorias em meia hora contra as 120 se caminhasse.

2. Vá para a balada ou simplesmente dance. Quem danças seus males espanta!

Impossível ficar parada com a música bombando e não ser envolvida pela energia do ambiente. E o melhor é que você nem precisa saber dançar bonitinho, afinal, no escuro vale tudo, inclusive pular, jogar os braços para o alto, mexer os quadris do jeito que bem entender... A única regra é não ficar parada para detonar até 260 calorias por hora.

3. Brinque de pega-pega com seu filho, sobrinho, primos, enteado... 

Essa vale especialmente para quem acha que não consegue correr. Como a brincadeira exige dar piques para fugir do ‘pegador’, quando você menos se der conta já vai estar com o coração batendo mais acelerado, o que impacta diretamente no metabolismo e na produção de serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e felicidade.

4. Jogue videogame 

Os esportes simulados no Wii e Xbox têm a mesma dificuldade e exigência da vida real. Assim, se você escolher o boxe, vai perder 500 calorias por hora, 230 se optar pela ioga, 300 pelo golfe, 530 pelo vôlei. 

5. Solte a voz 

Cantar sem vergonha e em alto e bom som faz o abdômen trabalhar como se você estivesse fazendo exercícios abdominais, de leve, claro. Mas, mesmo sendo suave, o gasto calórico gira em torno de 150 calorias por hora. Tudo de bom, não?

6. Faça guerra de água na piscina 

Desviar dos jatos, mergulhar para o oponente não te pegar e jogar água no outro mexe com o corpo todo, especialmente braços, pernas e abdômen. E tudo com baixo risco de lesões e o gasto de cerca de 250 calorias por hora.

7. Patine

Mais do que exercitar a agilidade, patinar modela as pernas e queima, em média, 420 calorias por hora. Ainda está aprendendo? Ótimo, afinal o esforço é muito maior para ficar de pé e manter o equilíbrio.

8. Rodar bambolê 

Vale para revisitar os tempos de infância, afinar a cintura e eliminar cerca de 150 calorias em meia hora. Para queimar ainda mais basta aumentar o grau de dificuldade da brincadeira, tentando rodar o bambolê numa perna só, descê-lo do braço para o quadril ou subir das coxas para a cintura, por exemplo.

10. Pular corda 

Em ritmo normal, dando uma média de 70 saltos por minuto, você manda embora nada menos que 300 calorias em meia hora, melhora o condicionamento físico rapidinho e trabalha a panturrilha e a parte da frente das coxas.

Chega de desculpas!!! Vamos brincar....

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Dieta restritiva durante a gravidez pode causar obesidade futura no bebê


A gestação é um período em que a mulher deve dar ainda mais atenção à alimentação. É importante que ela inclua alimentos saudáveis no cardápio, além de proteínas e carboidratos, comendo bem, mas sem também exagerar para o ganho de peso não ser muito além do indicado, que é um quilo por mês.

Entretanto, há mulheres que seguem com dietas restritivas, que faziam antes de engravidarem, durante a gestação e isso não é nada saudável para o bebê, como foi comprovado em uma pesquisa divulgada no Daily Mail. Além do feto não receber os nutrientes necessários para o desenvolvimento, a falta de calorias pode levar à obesidade na vida da criança.

Segundo o estudo, a falta de nutrientes no útero altera a programação das células de gordura do feto, levando a problemas de peso futuramente. Conforme o crescimento da criança até a fase adulta acontece, o organismo dela se desenvolve tentando compensar a escassez de alimentos que eles tiveram anos antes na barriga da mãe.

Uma das líderes do estudo, Dra. Helen Budge, do Hospital Universitário de Nottingham, advertiu que a dieta durante a gravidez — ou quando a mulher está programando uma gestação — pode ter consequências para a vida toda da criança. Mulheres que fazem dieta quando estão tentando engravidar e aquelas que restringem o consumo de alimentos durante a gravidez fazem isso porque elas não querem se tornar obesas. Mas o bebê precisa dos alimentos para ganhar peso.

Ficar obeso é muitas vezes estabelecido antes, e logo depois, de nascermos, sendo essa característica influenciada tanto pelos hábitos alimentares das nossas mães quanto pela alimentação que recebemos quando bebês nos meses após o nascimento.

O trabalho da cientista mostra que a falta de nutrição no útero altera a química das células de gordura em desenvolvimento. "Nós sabemos que a química dessas células está alterada. Há mais inflamação e estresse nelas, além de um desequilíbrio hormonal", revela.

Mas não são apenas as dietas de baixas calorias que alteram as células. As mães com excesso de peso, que se alimentam mal ou com alimentos muito calóricos e gordurosos, também correm o risco de gerarem crianças que sofrerão com a obesidade no futuro. Por isso é tão essencial manter um equilíbrio na alimentação nessa fase para não afetar a saúde do bebê no futuro.

CUIDE-SE!

Fonte: UOL

terça-feira, 7 de maio de 2013

SUCOS DETOX

Bom diaaaaaaaaaaaa!!!! Atendendo a pedidos..... O post especial de hoje, algumas receitas dos deliciosos sucos detox! Limpe seu organismo.

Sucos detox
Exagerou?!?!? Se comeu ou bebeu demais, é hora de limpar o organismo com os sucos detox. Hora da faxina no organismo.

Cenoura, pepino e couve - potência máxima.
Ingredientes:

1 cenoura pequena descascada ou orgânica com casca
1/2 maçã
1/2 pepino japonês com casca
1 copo (200 ml) de água de coco
1 haste de hortelã
2 folhas de couve

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Abacaxi e erva docesupertermogênico.
Ingredientes

1/2 abacaxi
1/2 bulbo de erva-doce sem as folhas
2 hastes de hortelã
1/2 copo (200 ml) de água

Modo de preparo:
Descasque o abacaxi e pique a erva-doce e a hortelã.
Bata tudo no liquidificador.

Melancia e limão - Bem hidratata.
Ingredientes

1/4 melancia
180 ml de água de coco
1 ramo de hortelã
Suco de 1 limão

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Green juice - o queridinho de estrelas do mundo todo quando o assunto é afinar!
 Ingredientes:

2 folhas de couve
1/2 pepino com casca
1/2 talo de aipo
1 maçã verde
Suco de ½ limão
1 colher (chá) de gengibre

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Uva + gengibre + canela - metabolismo a mil.
Ingredientes:

1 copo (200 ml) de suco de uva integral
2 colheres (chá) de gengibre
1 colher (café) de canela em pó

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.



Para se inspirar no mundo coutry

E começou as pecuárias e suas festas! O post vem com alguns looks que acho maraaaaa... puro estilo bruto, rustico e sistemático. O estilo coutry contagia e te deixa lindaaaaaaa. Inspire você também. E prepare-se, para ser laçada nas festas! kkkk... Quem me conhece sabe, adoroooooooooooooo!

Tem para todos os gosto do mundo coutry




Gente.... vamos combinar, é muito estilo né! Acho chic e lindo.

Claro que é fashion!!!!!


Quando eu estiver com minhas cabeças de gado a perder de vista, só usarei esse estilo! kkkkkkkkkkkkkkk... Brincadeiras a parte, acho um charme!!!!

Firma o gorpe aí companheiras!!!!!!!!!

Beijos....

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Mantenha o peso após a dieta com dicas importantes


Você fez dieta, emagreceu e alcançou a sua meta de perda de peso. Agora, está lutando para manter os resultados com uma vida saudável ou voltou a se alimentar de forma incorreta e abandonou os exercícios?

Realmente, manter o peso após um regime alimentar é uma tarefa que exige um pouco disciplina para desviar das tentações do dia a dia e do sedentarismo. Entretanto, após um tempo de adaptação, as mudanças alimentares e de atividades físicas se tornam tão naturais que a manutenção do emagrecimento fica muito mais simples.

Essas mudanças de atitudes, como a reeducação alimentar, são de grande importância para o organismo não sofrer um efeito rebote, que acontece com muitas pessoas que emagrecem muito rápido e acabam ganhando todo o peso de volta, pois seguiram dietas malucas ou muito restritivas.

Evite dietas muito restritas

Todo mundo sabe que as dietas malucas podem até ter um resultado rápido, mas que geralmente não duram muito, pois elas não promovem mudanças de hábitos a longo prazo. O sucesso das dietas está na reeducação alimentar, que pode ser levada naturalmente pela vida toda da pessoa, que adota bons hábitos alimentares.

Para evitar o ‘efeito sanfona’ o ideal é que seja feita uma reeducação alimentar, em que aprendemos de maneira correta como fazer as melhores escolhas e evitar os excessos. A mudança de hábitos feita na dieta é imprescindível também durante a manutenção dos resultados para um peso saudável: Devemos mudar comportamentos inadequados como o alto consumo de gorduras, de doces, de refrigerantes, entre outras guloseimas, e manter os bons hábitos por toda a vida.
Pesquisas sobre a obesidade mostram que os regimes incorretos fazem com que as pessoas fiquem com o metabolismo muito lento e sofram mudanças hormonais que causam a recuperação parcial ou até total do peso perdido após o emagrecimento. Os estudiosos afirmam que, de certa forma, os hormônios trabalham contra você, fazendo o organismo gerar uma resistência e tentar recuperar o peso perdido.

Uma pesquisa da Universidade de Melbourne (Austrália) em parceria com o Hammersmith Hospital (de Londres) mostrou que um grupo de pessoas que perdeu 10% do peso corporal com dietas muito restritivas (de 500 a 550 calorias diárias) sofreu mudanças hormonais que fizeram com que elas tivessem ainda mais fome do que no início do estudo. Além disso, um ano após a dieta, os participantes ganharam metade do peso que haviam perdido.

Isso aconteceu porque a leptina, um hormônio que avisa o cérebro quanta gordura corporal está presente, caiu dois terços imediatamente após os participantes perderam peso. Essas quedas bruscas do hormônio aumentam o apetite e desaceleram o metabolismo. Os pesquisadores afirmam que para não acontecer esse problema, a solução são as mudanças de hábitos alimentares feitas de forma equilibrada, com acompanhamento nutricional e médico.

Medidas saudáveis diariamente

Se você adotou uma rotina de exercícios durante a dieta, não pare somente porque já alcançou o seu objetivo de perda de peso. Continue com esse hábito saudável e experimente as diversas opções de atividades que existem para manter o corpo em forma, deixar o stress bem longe e até para fazer novas amizades.
Na alimentação, resista aos modismos do momento e fuja das dietas malucas. Elas são contraindicadas para longos períodos e não promovem reeducação alimentar. Além disso, elas ainda podem causar problemas de estômago, alterações de pressão, anemia, prisão de ventre, fraqueza e outras complicações.

É necessário buscar as mudanças aos poucos, incluindo e mantendo consumo de frutas, verduras, legumes, carnes magras e outros alimentos que ajudem a manter uma boa saúde. É importante incluir também os carboidratos integrais, como pães e massas, que também podem ser enriquecidos com grãos e cereais, como a linhaça, a aveia e a quinua.

A hidratação também é um fator essencial para a manutenção do peso. Esqueça os refrigerantes e sucos industrializados com adição de açúcar. Abuse da água, tomando uma média de pelo menos dois litros ao dia, e também inclua chás e os sucos naturais.

Você não precisa abolir totalmente da sua vida uma massa que goste muito, um chocolate, um doce ou sanduíche, por exemplo. Basta consumi-los de forma bem moderada de vez em quando para não se tornar um hábito constante e ver o ponteiro da balança subir. Alimentos ricos em gorduras, refrigerantes e doces devem ser consumidos com moderação, pois o consumo excessivo pode levar ao ganho de peso. Não existe formula mágica e sim mudança em relação aos hábitos.

Confira abaixo mais algumas medidas importantes, que devem ser seguidas para manter o peso após a dieta:
- Mantenha a alimentação de três em três horas, já que o jejum prolongado deixa seu metabolismo lento, atrapalha as escolhas alimentares e faz com que as pessoas comam em excesso; 
- A prática de exercícios físicos é de extrema importância para o gasto calórico aliado à boa alimentação; 
- O consumo de fibras, seja através de alimentos integrais ou de frutas ou hortaliças, ajuda no bom funcionamento do organismo. Além disso, estudos comprovam que as fibras também são responsáveis pela redução da absorção de gordura e colesterol.

Fonte: UOL

sábado, 4 de maio de 2013

Inclua no treino os hábitos que previnem as cãibras

Muitas pessoas temem o aparecimento de cãibras durante a prática de exercícios físicos. Mas vale lembrar que o problema não é consequência, exclusiva, do treino. As cãibras são comuns nas gestantes e em qualquer pessoa, nos dias frios. O problema surge quando os membros inferiores não estão aquecidos adequadamente ou quando há problemas vasculares no organismo. Movimentos repetitivos no trabalho, má alimentação e alguns remédios podem ter as cãibras como efeito colateral.

A puxada no músculo, seguida por uma forte dor, ocorre por espasmos intensos ou contração muscular súbita, involuntária e dolorosa de caráter transitório. Essa contração pode ocorrer em um determinado músculo ou num grupo muscular, que se contrai vigorosamente de forma dolorosa. A dor parece ser proporcional ao número total de unidades ativas, ou seja, quanto maior for a massa muscular envolvida, maior será a dor.

Alguns fatores podem determinar a ocorrência de cãibras, como:

- Perda excessiva de água e sais, como sódio e potássio, através da transpiração;
- Acúmulo excessivo de ácido láctico no músculo em consequência de grande esforço físico;
- Deficiência de fluxo sanguíneo, geralmente nos membros inferiores, causada por resfriamento, mudança brusca de temperatura ou problemas vasculares.

Previna-se:

- Mantenha uma dieta alimentar rica em sais e minerais;
- Beba de 250 a 350 mL de água ou isotônicos durante uma hora de exercícios, de 20 em 20 minutos, mantendo-se hidratado;
- Alongue bem a musculatura antes e depois de qualquer atividade física;
- Repouso e boa adaptação à mudança de temperatura também ajudam a prevenir esta inconveniente presença;
- Se a cãibra aparecer, alongue o músculo ou grupo muscular afetado massageando-o com as mãos.

PS. Isotônicos também tem suas prescrições. Não pode ser consumido livremente!

Procure um nutricionista e um educador físico para melhor orientação.


Fonte: Site dieta e saúde

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Confira alguns alimentos que podem atrapalhar a sua vida sexual


Você sabia que a sua alimentação pode influenciar também na sua vida sexual? Existem alguns tipos de alimentos e bebidas que prejudicam a sua libido e até o desempenho sexual.

Manter uma alimentação saudável, incluindo proteínas magras, frutas, verduras e cereais, é sempre a melhor pedida. É claro que de vez em quando um docinho ou uma taça de vinho são bem-vindos, principalmente em momentos a dois, mas consuma sempre com moderação.

Alguns alimentos e substâncias que podem estar presentes em produtos industrializados é que são os maiores vilões da vida sexual. Para evitar o consumo, leia atentamente os rótulos ou consuma em pouquíssima quantidade. Saiba quais são eles na lista abaixo:

Refrigerantes

Em um estudo feito pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos foi revelado que o consumo de refrigerante tem ligação com a depressão (que leva a perda da libido) e o risco é ainda maior para aqueles que contêm adoçantes artificiais. Além disso, o consumo de refrigerante comum também está ligado às cáries, gengivite, desidratação, obesidade e muitas outras consequências que podem interferir diretamente na vida sexual.
Adoçantes artificiais

Existem diversos tipos de adoçantes artificiais em produtos diet, como o aspartame. Essa substância já foi apontada como prejudicial à saúde, mas ainda está presente em muitos itens.

De acordo com os especialistas em nutrição, o aspartame pode inibir a produção da serotonina (hormônio do bem-estar) e pode causar dores de cabeça, depressão, irritabilidade, ataques de ansiedade, insônia, mau-humor e redução da libido. Além disso, já foi comprovado que o aspartame também pode afetar a produção de dopamina, um neurotransmissor essencial para o comportamento sexual normal.

Café

Quem toma café em grandes quantidades pode prejudicar as suas glândulas suprarrenais, que são responsáveis pela produção de certos hormônios do estresse. Ao longo do tempo, se essas glândulas começam a funcionar de forma deficiente, outros hormônios também podem ser prejudicados como os sexuais e os da tireoide.

Glutamato monossódico

Você sabe o que é o glutamato monossódico? Esse aditivo alimentar pode ser encontrado em diversos produtos industrializados salgados para realçar os sabores. Apesar de ser utilizado para aperfeiçoar o gosto de alguns alimentos, a substância pode causar dores de cabeça, problemas respiratórios, depressão e problemas cognitivos, refletindo também em um declínio da libido e na satisfação sexual.

Produtos processados de soja

Sabe quando você quer ser mais saudável e decide consumir vários produtos derivados de soja? Isso pode não ser uma ideia muito boa. Pelo menos não quando esses produtos são processados.

Enquanto integral e fermentada (como no shoyu, tofu e missô) a soja contém bons índices nutricionais e não oferece riscos. Porém, quando muito processada a soja perde os seus compostos benéficos. Nesses casos, os alimentos contêm muitos compostos fitoestrógenos (substâncias naturais que imitam o hormônio estrogênio) que podem alterar a função endócrina normal, afetando o equilíbrio hormonal em homens e mulheres.

Confira abaixo mais alguns produtos que podem prejudicar a sua vida sexual: 

Batatas fritas e biscoitos - Muitos desses produtos contêm gordura trans e algumas marcas usam óleos de má qualidade, que tornam os alimentos oxidativos. Esta combinação pode interferir na regulação hormonal (incluindo os hormônios sexuais), na saúde da pele e na manutenção do peso; 

Queijos – muitos produtos lácteos podem conter leite de vacas tratadas com antibióticos e hormônios. Essas substâncias podem interferir em nossa produção natural de hormônios (incluindo os sexuais como o estrogênio, progesterona e testosterona), contribuindo para disfunções sexuais e problemas de humor;
 
Álcool – Apesar de diminuir a inibição na hora da conquista, o álcool age como um depressor dos sintomas fisiológicos, podendo dificultar a atividade sexual, mesmo com a presença do desejo na hora h. Se não resistir a um drink e a noite promete, beba com bastante moderação.

Fonte: Site Uol

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Moda na cabeça


Se depender das passarelas da temporada nacional de moda, o lenço será o acessório perfeito para enfeitar as madeixas no próximo verão. No Fashion Rio, Herchcovitch usou o acessório com pegada moderninha, Andrea Marques trabalhou uma amarração romântica e muito feminina, já a Salinasemprestou um mood sessentinha que marcou toda coleção. No São Paulo Fashion Week, a Forumapostou no lenço para arrematar a beleza de sua coleção em clima navy. Para se inspirar, e aderir aos lenços antes do verão chegar, confira abaixo a nossa galeria: Moda 
20130429-trends-lenco-andrea-marques-oqvestir
Amarração-desejo na passarela da Andrea Marques

20130429-trends-lenco-salinas-oqvestir
Mood sixties no verão da Salinas

20130429-trends-lenco-herchcovitch-oqvestir
Moderno e cinquentinha na Herchcovitch


20130429-trends-lenco-forum-oqvestir
Navy e muito chique na passarela da Forum

Adoreiiiiiiiiiiiiii!!!!! Já comprei o meu... \0/

Beijos...

Fonte: Blog o que vestir
© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo