Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Mantenha o peso após a dieta com dicas importantes


Você fez dieta, emagreceu e alcançou a sua meta de perda de peso. Agora, está lutando para manter os resultados com uma vida saudável ou voltou a se alimentar de forma incorreta e abandonou os exercícios?

Realmente, manter o peso após um regime alimentar é uma tarefa que exige um pouco disciplina para desviar das tentações do dia a dia e do sedentarismo. Entretanto, após um tempo de adaptação, as mudanças alimentares e de atividades físicas se tornam tão naturais que a manutenção do emagrecimento fica muito mais simples.

Essas mudanças de atitudes, como a reeducação alimentar, são de grande importância para o organismo não sofrer um efeito rebote, que acontece com muitas pessoas que emagrecem muito rápido e acabam ganhando todo o peso de volta, pois seguiram dietas malucas ou muito restritivas.

Evite dietas muito restritas

Todo mundo sabe que as dietas malucas podem até ter um resultado rápido, mas que geralmente não duram muito, pois elas não promovem mudanças de hábitos a longo prazo. O sucesso das dietas está na reeducação alimentar, que pode ser levada naturalmente pela vida toda da pessoa, que adota bons hábitos alimentares.

Para evitar o ‘efeito sanfona’ o ideal é que seja feita uma reeducação alimentar, em que aprendemos de maneira correta como fazer as melhores escolhas e evitar os excessos. A mudança de hábitos feita na dieta é imprescindível também durante a manutenção dos resultados para um peso saudável: Devemos mudar comportamentos inadequados como o alto consumo de gorduras, de doces, de refrigerantes, entre outras guloseimas, e manter os bons hábitos por toda a vida.
Pesquisas sobre a obesidade mostram que os regimes incorretos fazem com que as pessoas fiquem com o metabolismo muito lento e sofram mudanças hormonais que causam a recuperação parcial ou até total do peso perdido após o emagrecimento. Os estudiosos afirmam que, de certa forma, os hormônios trabalham contra você, fazendo o organismo gerar uma resistência e tentar recuperar o peso perdido.

Uma pesquisa da Universidade de Melbourne (Austrália) em parceria com o Hammersmith Hospital (de Londres) mostrou que um grupo de pessoas que perdeu 10% do peso corporal com dietas muito restritivas (de 500 a 550 calorias diárias) sofreu mudanças hormonais que fizeram com que elas tivessem ainda mais fome do que no início do estudo. Além disso, um ano após a dieta, os participantes ganharam metade do peso que haviam perdido.

Isso aconteceu porque a leptina, um hormônio que avisa o cérebro quanta gordura corporal está presente, caiu dois terços imediatamente após os participantes perderam peso. Essas quedas bruscas do hormônio aumentam o apetite e desaceleram o metabolismo. Os pesquisadores afirmam que para não acontecer esse problema, a solução são as mudanças de hábitos alimentares feitas de forma equilibrada, com acompanhamento nutricional e médico.

Medidas saudáveis diariamente

Se você adotou uma rotina de exercícios durante a dieta, não pare somente porque já alcançou o seu objetivo de perda de peso. Continue com esse hábito saudável e experimente as diversas opções de atividades que existem para manter o corpo em forma, deixar o stress bem longe e até para fazer novas amizades.
Na alimentação, resista aos modismos do momento e fuja das dietas malucas. Elas são contraindicadas para longos períodos e não promovem reeducação alimentar. Além disso, elas ainda podem causar problemas de estômago, alterações de pressão, anemia, prisão de ventre, fraqueza e outras complicações.

É necessário buscar as mudanças aos poucos, incluindo e mantendo consumo de frutas, verduras, legumes, carnes magras e outros alimentos que ajudem a manter uma boa saúde. É importante incluir também os carboidratos integrais, como pães e massas, que também podem ser enriquecidos com grãos e cereais, como a linhaça, a aveia e a quinua.

A hidratação também é um fator essencial para a manutenção do peso. Esqueça os refrigerantes e sucos industrializados com adição de açúcar. Abuse da água, tomando uma média de pelo menos dois litros ao dia, e também inclua chás e os sucos naturais.

Você não precisa abolir totalmente da sua vida uma massa que goste muito, um chocolate, um doce ou sanduíche, por exemplo. Basta consumi-los de forma bem moderada de vez em quando para não se tornar um hábito constante e ver o ponteiro da balança subir. Alimentos ricos em gorduras, refrigerantes e doces devem ser consumidos com moderação, pois o consumo excessivo pode levar ao ganho de peso. Não existe formula mágica e sim mudança em relação aos hábitos.

Confira abaixo mais algumas medidas importantes, que devem ser seguidas para manter o peso após a dieta:
- Mantenha a alimentação de três em três horas, já que o jejum prolongado deixa seu metabolismo lento, atrapalha as escolhas alimentares e faz com que as pessoas comam em excesso; 
- A prática de exercícios físicos é de extrema importância para o gasto calórico aliado à boa alimentação; 
- O consumo de fibras, seja através de alimentos integrais ou de frutas ou hortaliças, ajuda no bom funcionamento do organismo. Além disso, estudos comprovam que as fibras também são responsáveis pela redução da absorção de gordura e colesterol.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo