Blog da Magda Vieira; Nutrição, Saúde e Bem-Estar

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Uma boa noite de sono depende do que você come!


Ter uma boa noite de sono é privilégio da minoria da população, em 14 de Março desse ano, no Dia Mundial do Sono, avaliou-se que 63% dos brasileiros tem problemas com sono.

Diversos fatores influenciam na qualidade do sono, como: estresse, problemas financeiros, problemas emocionais, colchão e travesseiros inadequados, ruídos, iluminação, local, entre outros.

Boa parte dos entrevistados justificam como “perda de tempo”, no entanto é consenso entre os neurologistas que noites mal dormidas influenciam diretamente em desempenho sexual, performances intelectual e profissional, aumentando risco de depressão, ansiedades e outros transtornos psíquicos.

Analisando casos individuais, algumas profissões são mais suscetíveis a transtornos do sono, as consequências podem ser muito sérias, como os acidentes com motoristas, transportadores de cargas.

Porém, o que não se imagina é que uma alimentação equilibrada e balanceada pode melhorar a qualidade do sono, oferecer maior disposição e energia para desenvolver melhor as funções diárias.

Costumávamos ouvir na infância que crescemos durante o sono, e nossos familiares estavam certos, durante uma noite de sono consolidamos nossa memória, secretamos hormônios de crescimento e saciedade e equilibramos comportamentos genéticos adquiridos, como fome, sede e sexualidade. Neurotransmissores e algumas substâncias intermediam o sono, as substâncias principais são: serotonina, melatonina, vitamina B6 e magnésio. Entendamos a função de cada uma:
  • Serotonina: conhecida como hormônio do bem estar, induz a sensação de melhora do humor, bem estar e conforto;
  • Melatonina: indutora de sono;
  • Vitamina B6: converte o triptofano em serotonina;
  • Magnésio: mecanismo relacionado a serotonina.
Notamos que a alimentação rica em vitamina B6 e magnésio pode ser a chave do sucesso de uma perfeita noite de sono, para que acorde e permaneça durante o dia com sono regular e disposição para suas atividades.

As fontes alimentares destas vitaminas são muito mais simples que se imagina: 01 copo de leite com achocolatado amargo! O “remedinho” diário. O leite é rico em niacina que é transformada em triptofano e, em seguida, em serotonina. Portanto, tomar o bom e velho copo de leite com achocolatado amargo antes de deitar, é certeiro. Se preferir, pode esquentar o leite, altas temperaturas também causam conforto emocional, principalmente em dias frios. Mas se você como eu, tem intolerância a lactose, aqui vai uma lista de alimentos que contem niacina:

Principais fontes:· Amendoim, · Castanha do Pará, · Levedura, · Fígado, · Aves, · Carnes magras, · Leite, · Ovos, · Frutas secas, · Cereais integrais, · Brócolis, · Tomate, · Cenoura, · Abacate, · Batata doce, · Em grande parte dos legumes, verduras e frutas, etc.

A banana e as oleaginosas (castanha do Pará / amêndoas / avelãs / nozes) são ricas em magnésio e podem induzir ao sono, alguns outros alimentos tem o poder calmante, como o maracujá e as folhas de erva cidreira, camomila, melissa, ou seja, você deve rechear o seu dia de alimentos que induzem ao sono, para uma noite de sono de qualidade.

Caso o consumo destes alimentos durante o dia aumente a sensação de cansaço, sono e fadiga no decorrer do trabalho, inicie o consumo por volta de 3 -4 horas antes do horário que pretende se deitar. Prepare o ambiente, com poucos estímulos (barulhos, luzes), escolha travesseiro e colchão adequados e aproveite sua noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog da Magda Vieira - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Giovanna Lacerda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo